quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Existência



EXISTÊNCIA

Imaginar o nada.
Como seria se nada existisse?Como é que era antes de existir algo?

Comecei por imaginar como seria a minha sala sem uma cadeira. Depois, retirei outra, e mais outra. A mesa, outra cadeira mais um sofá...E se não existisse a vivenda à minha frente?Retirei-a... Vivenda a vivenda, árvore a árvore, matéria a matériaSeguiram-se os planetas, os astros... 

Percebi que o nada é uma inexistência sem sentido.
Que o podia imaginar, mas que não o conseguia visualizar. 

Como visualizar o que não tem existência?Podemos visualizar o que ainda não existe para o criarmos.
Quem imaginou a existência no nada, se nada existia?Para imaginar, teria que existir, existindo, já não era o nada. Era existência!A existência sempre que existiu! Não foi criada. Simplesmente existe, porque é existência.

Na nossa tradição cultural e programação genética, estamos habituados a relacionar a existência com criação. Será obrigatório que tenha havido criação para haver existência?

O Universo pode ter sempre existido. Como é que era antes da existência do Universo?


#sementesdoser

Sem comentários:

Enviar um comentário